Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quimeras e Utopias

Quimeras e Utopias

Abstinência abortiva

Enquanto a Direção Geral de Educação sugere que as escolas, a partir do 5°ano, procedam a esclarecimentos em torno da temática do aborto, um partido da oposição sugeriu que aquilo que deveria ser discutido e difundido na escola era o conceito da abstinência e suas vantagens.

 

Falando da minha experiência pessoal, depois de anos a usar óculos fundo de garrafa, da baixa autoestima e de ser uma moça feiosa, mas com padrões de escolha masculina estranhamente elevados e inverosímeis, a disciplina da abstinência ficou logo dada sem necessidade de recorrer a um concurso de colocação de professores.

 

Em consequência de ter passado a essa disciplina com distinção, ficou abortada a necessidade de frequência da disciplina sobre interrupção involuntária da gravidez.

 

Isto de se ser uma adolescente perturbada é só vantagens para o erário público.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Sónia Pereira 23.12.2016 11:12

    Não diga essas coisas, caro Papagaio. É sempre perspicaz e cheio de humor no seu blog. A mim, isto só me dá de vez em quando. Mas obrigada :). Impõe-se rirmo-nos dos temas "fraturantes" do dia-a-dia.
    Bom Natal.
  • Imagem de perfil

    Papagaio Giló 23.12.2016 11:21

    Exatamente; aí, pensamos e vemos as coisas da mesma forma! Se eu não me rir ( de mim e dos outros) quem se irá rir ? Vamos ficar a ser sérios e sisudos? O mundo está a precisar de um GRANDE COMPRIMIDO! Eu tento "tomar o meu"! Tanto se me dá que o tema seja fraturante como não! Embora os "fraturantes" sejam mais "apetecíveis!"
    E, para grandes males, grandes baboseiras!
    Pap...
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.