Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Quimeras e Utopias

Quimeras e Utopias

As mulheres gostam de…

As mulheres gostam de comprar roupa, desvirando lojas em busca da peça perfeita. Adoram sapatos e malas. Endoidecem com jóias. As mulheres gastam uma eternidade a preparar-se antes de sairem de casa, esmerando-se na escolha da roupa e na elaboração da maquilhagem. As mulheres adoram ir ao cabeleireiro, adoram fazer a manicure e pedicure, jamais saiem à rua sem a depilação feita. As mulheres adoram tirar selfies em que pareçam fantásticas, atraentes, lindas de fazer inveja a todas as outras mulheres.

 

Eu sou mulher mas, se entrar numa loja de produtos de maquilhagem, não saberei para que servem metade daquelas coisas e os poucos artigos que tenho, mal os uso e com uma perícia de fazer rir. Uso a mesma mala até ela estar coçada, até me ver obrigada a mudar e os sapatos, sentindo-me confortável com eles, é mais ou menos a mesma coisa. Sou vaidosa, gosto de comprar umas roupinhas, mas a minha vaidade é medíocre ao pé do estereótipo  feminino generalizado. Não tenho a mínima paciência para ir ao cabeleireiro. Vou uma a duas vezes por ano quando o cabelo «grita» por ajuda. Metade do ano roo as unhas. Na outra metade tento controlar essa compulsão pintando-as de forma bastante tosca em casa. Não sou adepta de jóias e se usar algum acessório será uma bijuteria barata. Não consigo deixar de pensar na exploração humana, na quase escravidão de algumas pessoas que trabalham em minas em busca de ouro ou pedras preciosas. As peças de joalharia parecem-me logo mais feias, sem brilho.

 

Com isto concluo apenas que sou mulher, gosto de ser mulher. Como qualquer outra mulher, homem, ser humano, não sou um ser estereotipado, sou o que sou, sem ter de ser definida por generalidades básicas, superficialidades sem interesse.

 

Esta mulher gosta de… beber um bom vinho e comprar e ler livros (entre outras muitas coisas). E tudo o resto é conversa.

 

SAM_3610.JPG

Feira do livro do Porto — Setembro de 2015

10 comentários

Comentar post